Sonhos de Uma Mulher

Cobrança indevida

 
Depois de um dia de caminhada pela mata, mestre e discípulo retornavam ao casebre, seguindo por longa estrada.
 
Ao passarem próximo a uma moita de samambaia, ouviram um gemido.
 
Verificaram e descobriram um homem caído. Estava pálido e com uma grande mancha de sangue, próxima ao coração.
 
Tinha sido ferido e já estava próximo da inconsciência.
 
Com muita dificuldade, mestre e discípulo o carregaram para o casebre rústico, onde viviam. Lá trataram do ferimento.
 
Uma semana depois, já restabelecido, o homem contou que havia sido assaltado e que ao reagir fora ferido por uma faca.
 
Disse também que conhecia seu agressor, e que não descansaria enquanto não se vingasse.
 
Disposto a partir, o homem disse ao sábio: "Senhor, muito lhe agradeço por ter salvado a minha vida. Tenho que partir e levo comigo a gratidão por sua bondade. Vou ao encontro daquele que me atacou e vou fazer com que ele sinta a mesma dor que senti."
 
O mestre olhou fixo para o homem e disse: "Vá e faça o que deseja. Entretanto, devo informá-lo de que você me deve três mil moedas de ouro, como pagamento pelo tratamento que lhe fiz."
 
O homem ficou assustado e disse: "Senhor, é muito dinheiro. Sou um trabalhador e não tenho como lhe pagar esse valor!"
 
Com serenidade, tornou a falar o sábio: "Se não pode pagar pelo bem que recebeu, com que direito quer cobrar o mal que lhe fizeram?"
 
O homem ficou confuso e o mestre concluiu: "Antes de cobrar alguma coisa, procure saber quanto você deve. Não faça cobrança pelas coisas ruins que aconteçam em sua vida, pois a vida pode lhe cobrar tudo de bom que lhe ofereceu."
 
Todos os dias somos aquinhoados com centenas de bênçãos. A primeira, é a própria oportunidade de tornar a abrir os olhos no corpo físico.
 
Depois, a oportunidade de encher os pulmões de ar. Ar que nos é dado pela Divindade.
 
A bênção do alimento que nos nutre o corpo. Alimento que extraímos da terra generosa, bastando que nela plantemos a semente.
 
A bênção do trabalho que nos permite o desenvolvimento das nossas habilidades, o progresso, a aquisição de bens materiais que nos são necessários.
 
Enfim, o digno sustento próprio e dos que nos constituem responsabilidade.
 
A bênção da religião, que nos fortalece o espírito, dando-nos o conhecimento da existência de um Deus Pai, que dirige os nossos destinos e guarda a nossa vida.
 
A bênção da família, dos amigos, dos colegas, dos animais de estimação.
 
Cada qual, a seu modo, nos oferta, a cada dia, seu carinho, sua devoção, enriquecendo as nossas horas.
 
Pense, enfim, nas bênçãos que todos os dias você recebe, sem esforço algum.
 
Você não precisa acender o sol, nem pedir a ele que apareça. Ele simplesmente vem e lhe dá calor, luz, vida.
 
Você não necessita acionar botão algum para que o vento amigo se manifeste nos dias de ardência. Ele simplesmente vem.
 
Balança o arvoredo, espanca nuvens borrascosas, limpa o céu e ainda brinca de desarrumar os seus cabelos.
 
Você não precisa suplicar ao botão para desabrochar. Ele arrebenta em perfume e colorido para o seu deleite.
 
Você não precisa suplicar aos pássaros que encham de sons o dia. Eles aparecem e brindam seus ouvidos com a variedade infinita de seus trinados e cantorias.
 
Por tudo isso, pense, que direito você tem de tomar contas a quem quer que seja, por algo ruim que lhe tenha feito, ante um débito tão grande para com a divindade que tudo vê, provê, sem exigência alguma.
 
Pense nisso!
 
 
 



- Postado por: vandinhakarinho às 01h22
[ ] [ envie esta mensagem ]

hspace=0



Sonhos de Uma Mulher

Pequei.

Olha a cena do crime, suja como minhas mãos.
Penso perversidades, horrores;
Olho, depois do erro, as consequências.
Grito mudo o nome de JESUS.
Rápido, rápido, Ele não pode vêr;
Tolo homem, Ele vê tudo.
A batalha foi travada, mas uma vez perdi.
De joelhos, minhas lágrimas caem.
Parece que algo está me sufocando;
Não é nada, é só o meu choro desesperador.
Penso que podia não ter feito, fiz.
Ouvi aquela voz de novo, 'Não faça".
Rapidamente limpo toda a cena;
Sem deixar nenhum vestígio.
Mas ainda sinto culpa.
Sinto que minhas vestes estão já podres;
Não há como limpá-las mas.
Saio da cena do crime;
E vejo demônios zombando;
Eles dizem que não sou capaz;
Dizem que Ele não me quer mas;
Dizem que não tem mas solução.
A situação não muda.
Espero uma resposta.
No meu quarto, no mesmo dia, há noite;
Impaciente espero Ele dizer algo;
Algo que mude meu desespero.
Escuto uma voz dizer "filho!"
Pergunto quem é;
Ele diz "Sou JESUS!"
Calado, mas falando;
Tudo se revelou diante dEle.
Sinto vergonha, pois estou sujo;
Estou sujo diante de um Rei.
Anjos descem até o meu encontro;
Tiram as vestes sujas;
Tiram as sandálias gastas;
E o anel sem brilho.
Me deparo nú diante dEle.
Isso não é problema comparado ao que fiz;
Pois trai a confiança dEle.
Rapidamente sou vestido de novo.
Sou vestido com um vestido;
Esse vestido é alvo;
Esse anel é brilhante como o sol;
As sandálias nova.
Em meu peito, é posto um novo coração.
Sem pecado, limpo e puro.
Já não me lembro do que fiz;
Pois tudo se fez novo em mim.
Fui quebrado, e fui feito um novo vaso.
O velho já não existe;
Agora fui feito um novo vaso.
E sinto que agora sou parte dEle, JESUS

fonte: http://adorartei.blogspot.com/

Retirado do Blog Força Jovem

 Jardim São Jose

http://fjsaojose.blogspot.com/



- Postado por: vandinhakarinho às 14h06
[ ] [ envie esta mensagem ]

hspace=0



Sonhos de Uma Mulher

Esta é Uma pequena homenagem para as minhas afilhadas

do

Coração

 

Minha lindinha Nina Maria

Pequeno anjo do meu viver, mudei o visual do meu site. Com o mesmo carinho e amor, sua salinha esta pronta, para que todos possa lhe dar carinho.

Minha lindinha, a minha ausência na net, foi por estar mudando o visual do meu site, e você  continuar brilhando no cantinho de minha afilhada.

Você pode não entender muitas coisas, mas pode sentir o quanto eu te adoro, meu carinho e amor é imenso.

Não poderia jamais deixar passar em branco um post para você e minhas duas outras afilhadas.

Estou tão emocionada que as palavras me fogem, mas te dedico com a pureza dos anjos, este post e....um pequeno versinho.

Versinho para Nina Maria

Nina Maria, pequeno ser,
Nina Maria, pureza da natureza,
Nina Maria, flôr abençoada por Deus,
Nina Maria, os Anjos cantam para ti,
Nina Maria, agradeço a Deus por você existir.
Nina Maria, este curtinho verso, dedicado a você,
Nina Maria, quero que saiba que veio do meu coração.
Nina Maria, é uma forma de expressar. o quanto amo você.
Nina Maria, tenho orgulho de ser sua Dinda,
Nina Maria, e por fazer parte do meu mundo virtual.
Nina Maria, sou feliz por te-la aqui,
Nina Maria minha linda,e doce menina.

Bjos para ti com todo encanto que Deus pode te dar.
Dinda Vandinha


Minha Afilhada Evanir


Minha querida afilhada Evanir, são simples gestos que fazem crer que a nossa amizade é duradora.

As mudanças feitas por mim, será para o melhor,  estou dizendo do novo visual do meu site.

Para mim é gratificante saber o quanto se importa comigo, o quanto me queres bem.

Ao longo do tempo, no dia, a dia, a gente  vai aprendendo muito sobre os verdadeiros amigos.

Claro minha afilhada, que você sempre foi uma pessoa muito especial, além de ser minha afilhada, é uma grande amiga, que tenho muita estima, respeito e consideração.

Agradeço a Deus, por ter conhecido pessoas especiais, que fazem parte do meu mundo, que por algumas vezes, tenho que me tornar distante, por questões pessoais, mas nunca tirei ninguem do meu coração.

Espero que goste do meu novo cantinho e da sua salinha, que procurei ter cuidado e atenção em todos os detalhes, e saber que neste humilde espaço, esta você,  e o seu carinho.

Minha linda flôr, obrigado por tudo e do meu geito simples de ser, te digo que você é muito importante e especial.

Com amor, sua Dinda, Vandinha.

Bjos.

Afilhada Fênix27

É curioso como certas coisas acontecem na vida da gente, sem premeditar, sem aviso, o acaso talvez. Sem imaginar que um dia, você seria minha afilhada, sem me conhecer direito, fes-me o convite para ser sua Dinda. Como não ficar feliz?Como não agradecer a Deus?Como não acreditar que o mundo virtual se fas amigos?.

Por tudo isto num ímpeto, me dediquei a mudar o meu site, para que minhas afilhadas, meus seguidores e amigos possam sentir-se bem, compartilhando as conquistas, as vitórias, os novos amigos e seguidores que por certo virão. Razões suficientes que me da forças para continuar, te sou grata minha mais nova afilhada, em pouco tempo você também me deixou envaidecida me convidando para ser a madrinha dos seus blogs. Obrigado pela confiança, pela cumplicidade dos mesmos interesses, que é permanecer no laço de amizade. Sei que estou ausente de todos, mas não estão do
meu coração.

Se estou em falta com você e com os demais, espero só que me entendam que não foi de propósito, bem estou voltando com muita energia, e espero continuar assim por muito tempo, quero colocar a casa em dia. Minha afilhada, sua salinha procurei que tudo tenha um pouco de você, tomara que goste e sinta-se em casa.

Meu carinho e afeição por você é algo que o destino nos colocou no mesmo caminho, e sou grata ao destino e a minha afilhada Evanir. através dela hoje tenho você afilhada no meu coração.

É isto afilhada Fênix27 que renasceu e se tornou uma blogueira muito querida.
Minha estima e meu carinho por você também é grande, obrigado, tank you!.
Sua Dinda,

Vandinha



- Postado por: vandinhakarinho às 11h17
[ ] [ envie esta mensagem ]

hspace=0



Sonhos de Uma Mulher

SER MÃE

Quando a Droga Bate a Nossa Porta

(O que Fazer?)

Anderson Te Amo Filho,estou esperando sua volta , você è de Deus meu Amor e vai Voltar . 

 
A missão de ser mãe quase sempre começa com alguns meses de muito enjôo, seguido por anseios incontroláveis por comidas estranhas, aumento de peso, dores na coluna, o aprimoramento da arte de arrumar travesseiros preenchendo espaços entre o volume da barriga e o resto da cama.
 
Ser mãe é não esquecer a emoção do primeiro movimento do bebezinho dentro da barriga.
 
O instante maravilhoso em que ele se materializou ante os seus olhos, a boquinha sugando o leite, com vontade, e o primeiro sorriso de reconhecimento.
 
Ser mãe é ficar noites sem dormir, é sofrer com as cólicas do bebê e se angustiar com os choros inexplicáveis: será dor de ouvido, fralda molhada, fome, desejo de colo?
 
É a inquietação com os resfriados, pânico com a ameaça de pneumonia, coração partido com a tristeza causada pela morte do bichinho de estimação do pequerrucho.
 
Ser mãe é ajudar o filho a largar a chupeta e a mamadeira. É levá-lo para a escola e segurar suas mãos na hora da vacina.
 
Ser mãe é se deslumbrar em ver o filho se revelando em suas características únicas, é observar suas descobertas.
 
Sentir sua mãozinha procurando a proteção da sua, o corpinho se aconchegando debaixo dos cobertores.
 
É assistir aos avanços, sorrir com as vitórias e ampará-lo nas pequenas derrotas. É ouvir as confidências.
 
Ser mãe é ler sobre uma tragédia no jornal e se perguntar: E se tivesse sido meu filho?
 
E ante fotos de crianças famintas, se perguntar se pode haver dor maior do que ver um filho morrer de fome.
 
Ser mãe é descobrir que se pode amar ainda mais um homem ao vê-lo passar talco, cuidadosamente, no bebê ou ao observá-lo sentado no chão, brincando com o filho.
 
É se apaixonar de novo pelo marido, mas por razões que antes de ser mãe consideraria muito pouco românticas.
 
É sentir-se invadir de felicidade ante o milagre que é uma criança dando seus primeiros passos, conseguindo expressar toscamente em palavras seus sentimentos, juntando as letras numa frase.
 
Ser mãe é se inundar de alegria ao ouvir uma gargalhadinha gostosa, ao ver o filho acertando a bola no gol ou mergulhando corajosamente do trampolim mais alto.
 
Ser mãe é descobrir que, por mais sofisticada que se possa ser, por mais elegante, um grito aflito de mamãe a faz derrubar o suflê ou o cristal mais fino, sem a menor hesitação.
 
Ser mãe é descobrir que sua vida tem menos valor depois que chega o bebê.
 
Que se deseja sacrificar a vida para poupar a do filho, mas ao mesmo tempo deseja viver mais º não para realizar os seus sonhos, mas para ver a criança realizar os dela.
 
É ouvir o filho falar da primeira namorada, da primeira decepção e quase morrer de apreensão na primeira vez que ele se aventurar ao volante de um carro.
 
É ficar acordada de noite, imaginando mil coisas, até ouvir o barulho da chave na fechadura da porta e os passos do jovem, ecoando portas adentro do lar.
 
Finalmente, é se inundar de gratidão por tudo que se recebe e se aprende com o filho, pelo crescimento que ele proporciona, pela alegria profunda que ele dá.
 
Ser mãe é aguardar o momento de ser avó, para renovar as etapas da emoção, numa dimensão diferente de doçura e entendimento.
 
É estreitar nos braços o filho do filho e descobrir no rostinho minúsculo, os traços maravilhosos do bem mais precioso que lhe foi confiado ao coração: um Espírito imortal vestido nas carnes de seu filho.
 
* * *
 
A maternidade é uma dádiva. Ajudar um pequenino a desenvolver-se e a descobrir-se, tornando-se um adulto digno, é responsabilidade que Deus confere ao coração da mulher que se transforma em mãe.
 
E toda mulher que se permite ser mãe, da sua ou da carne alheia, descobre que o filho que depende do seu amor e da segurança que ela transmite, é o melhor presente que Deus lhe deu.



- Postado por: vandinhakarinho às 00h16
[ ] [ envie esta mensagem ]

hspace=0



Sonhos de Uma Mulher

 

 Não tenho medo de morrer. De forma alguma. Mesmo porque, se Deus quiser me levar, Ele não precisa do câncer. Tenho medo é da desonra.

Um homem como José Alencar não morre’, diz ex-assessora Vera Pinheiro
 
Bruna Dias
Foi exatamente com essa frase que a amiga e ex-assessora Vera Pinheiro exprimiu a morte do saudoso José Alencar na tarde de ontem. O pequeno menino que chegou à cidade de Muriaé, Estado de Minas Gerais, com um sonho de tornar-se um grande homem de negócios conseguiu atingir seu objetivo.

Ainda consternada, porém, como ela mesma disse, “sem lágrimas por conta da dor tremenda”, Vera relatou à equipe de reportagem do Jornal da Cidade, através do telefone, que José Alencar era exatamente como aparecia nas emissoras de televisão: um homem alegre, que tinha todas as virtudes de uma pessoa que queria transmitir amor e carinho ao próximo.

“Ele jamais deixou a amargura transparecer, mesmo quando estava muito doente por conta do câncer. E uma coisa um pouco contraditória é que ele acabava servindo de consolo para as pessoas que ficavam preocupadas com o estado de saúde dele. Ele disse muitas vezes a frase que Deus não precisaria de um câncer para matá-lo”, contou Vera.

Sempre apegado à fé e, em especial, a Deus, Alencar nunca demonstrou medo da morte por conta de sua doença. Vera lembra com carinho que o ex vice-presidente da República nunca deixou de se preocupar com os assuntos relacionados ao seu gabinete. “Ele fazia questão de responder pessoalmente todas as cartas e mensagens de fé que recebia quando estava doente. Eu acredito que isso também o ajudou muito a conseguir levar a sua via por muitos anos com esse câncer”.


Morte


Alencar parecia mesmo, segundo a ex-assessora, não querer morrer nunca, ou não pensar nessa possibilidade. “Ele dizia que queria assistir à formatura dos netos e bisnetos em tom muito bem humorado. Parecia que iria viver por centenas de anos. Ele era um homem que realmente amava a vida”, acrescentou Vera.

A repercussão da história de vida de Alencar marcou tanto a vida de brasileiros em geral, porque ele é o espelho da história de muitos deles: que começaram vindo da pobreza e conseguiram alcançar objetivos. José Alencar serviu de estímulo para que o livro “José Alencar- Amor à Vida” fosse escrito pela jornalista e colunista Eliane Cantanhêde.


O patrão que todos querem ter

A relação de José Alencar com seus assessores era uma das melhores, segundo Vera Pinheiro, que trabalhou com o ex-vice-presidente durante seis anos. “Sabe aquele chefe que elogia seu trabalho? Ele era assim. E quanto queria sugerir alguma mudança dizia em tom suave, com aquela voz forte dele: ‘a senhora não acha que poderia mudar...’ Antes de deixar o mandado para o sucessor Michel Temer (PMDB) ele escreveu uma carinhosa carta de agradecimento e despedida aos assessores que trabalharam com ele. “Eu me aposentei em 2007 e ele me disse: ‘você vai me deixar?’ Eu disse: ‘não, só se o senhor quiser’ E trabalhei com ele muito feliz até o final de seu mandato”, contou Vera.

Vera relembrou emocionada do momento em que ela adoeceu. Mesmo com o câncer, Alencar se preocupou com a funcionária. “Eu lembro que estava em casa e ele me ligou dizendo: ‘como está a senhora?’ com aquela voz inconfundível. Eu fiquei surpresa. Mas ele era uma pessoa que fazia questão de transmitir carinho e afeto ao próximo”.


Despedida


A última imagem que Vera Pinheiro, ex-assessora de José Alencar, tem dele é uma imagem boa. Ele feliz, sempre sorridente como era. Vera acredita que ele não morreu, se deixou ir, e somente aguentou tanta dor do câncer no abdome para conseguir cumprir seu mandato. “Não houve uma despedida porque jamais pensamos que aquele seria o último dia. Sempre havia a expectativa de uma recuperação. De ver ele saindo do hospital como muitas das vezes. Um homem como José Alencar não morre. Ele passou para o plano espiritual e vai continuar sua vida por lá”, finaliza Vera.


Legado

 

O economista e presidente da Associação Comercial e Industrial de Bauru (Acib), Reinaldo Cafeo, também expressou o sentimento de perder um homem importante para o País, como José Alencar e destacou seu papel na história.

“José Alencar teve um papel importante porque tinha uma postura de estadista e também foi um exemplo para o meio empresarial. Alencar conseguiu atingir seu objetivo, o de ser um grande empresário vindo da simplicidade. Com certeza sua morte nos entristece, mas por um lado ele deixa um grande legado”, Cafeo



- Postado por: vandinhakarinho às 16h58
[ ] [ envie esta mensagem ]

hspace=0



Sonhos de Uma Mulher

Venho atravez Desta postagem mostrar o que ocorreu comigo
 Dia 17/03/


Tive Alta dia 24/03/2011

engasguei com minha saliva durante o sono acordei tossindo
 muito as tosses eram muito fortes e não paravam senti
uma dor muito forte no abdomem que perdi até o folego
 resultado o musculo de meu abdomem se rompeu e fez
 um grande estrago e ainda esta desinchando..


 
Sou portadora de bronquite a muitos Anos.
E infelizmente fasso uso de
 bombinha nos momentos das piores crises.
 Mais graças ao Bom Deus.
 Deus estou me recuperando muito bem
e agradeço as orações e o carinho a mim dispensados


Estou postando tudo que ocorreu Comigo.
Em poucas palavras.
A Causa da Hemorragia que sofri..
Foi Devido a Tosse.
Estou deixando uma explicação a Todos.

http://www.clinicadeckers.com.br/html/orientacoes/ortopedia/025_dist_abdominal.html

 


Hemorragia
Óbvio.
O contato do sangue com a cavidade peritoneal
causa irritação desta. Tradução :
 Dor e rigidez abdominal.
O sangue também se externar pela uretra,
causando a chamada hematúria
 (sangue na urina).

Se a hemorragia foi muito volumosa,
 a pressão arterial pode cair significativamente,
 e a pessoa entrar em choque (leia-se :
O sangue não tem pressão suficiente para chegar aos tecidos).

E a Hemorragia que sofri infelizmente.
FOI A VOLUMOSA.



- Postado por: vandinhakarinho às 17h35
[ ] [ envie esta mensagem ]

hspace=0



Sonhos de Uma Mulher

 
Um Colar valioso

 
Usar, por alguns dias, a pulseira da mãe, era o sonho de consumo do pequeno Pedro, de seis anos de idade.
 
Eles eram pobres, e a pulseira não tinha muito valor, mas tanto o garoto insistiu que a mãe lhe entregou, recomendando que tomasse cuidado.
 
Pedro colocou o cordão no pulso e se sentiu o homem mais feliz do bairro.
 
Jogava futebol com os amigos, de pulseira. Ia comprar pão, com a pulseira, e na escola, ele exibia sua preciosidade sempre que podia.
 
As semanas se passaram e, como sempre acontece com as crianças, um dia aconteceu com Pedro. Uma distração, e ele se deu conta de que havia esquecido a pulseira em algum lugar.
 
Procurou por todos os cantos e... nada.
 
Ele estava sozinho em casa. A mãe estava no trabalho. Mas, e quando ela chegasse, como lhe contaria a tragédia?
 
Mil preocupações surgiram naquela cabeça infantil. E a mais cruel era a de ter perdido o que ele considerava ser o único tesouro de sua mãe.
 
Depois de muitas cogitações, tomou uma difícil decisão: iria embora de casa.
 
Jogou algumas roupas dentro da velha sacola, e saiu porta afora.
 
Não foi muito longe e ouviu uma voz bem conhecida... Era o Sr. Severino, um velhinho bom que morava na vizinhança.
 
Ei, aonde você vai com essa trouxa nas costas, Pedro?
 
(Preocupar-se com os filhos alheios não é muito comum nos grandes centros, mas, nos vilarejos de gente pobre, os vizinhos se importam uns com os outros.)
 
Vou embora, respondeu, cabisbaixo, o menino.
 
Mas a sua mãe não está em casa. É melhor você esperar que ela chegue, senão ela ficará aflita quando não o encontrar.
 
O garoto costumava ouvir os mais velhos, então voltou, é claro, na companhia do velho Severino.
 
Quando a mãe chegou, já estava escuro. Mal entrou e já sentiu algo no ar, pois as mães sempre sentem quando tem alguma coisa errada com seus filhos.
 
O que houve, Sr. Severino?, perguntou logo.
 
Ele se aproximou e falou baixinho o que havia acontecido. Ela, já em lágrimas, entrou no quarto, onde o pequeno Pedro estava escondido, e o abraçou com ternura.
 
Meu filho, você ia embora sem avisar a mãe?
 
Por que ia fazer isso, meu anjo?
 
Mãe, lembra daquela pulseira que você me emprestou e me pediu para ter cuidado?
 
Sim, disse a mãe.!
 
Eu não sei como aconteceu, mas perdi, mãe.
 
Quando notei, eu procurei, procurei, mas não achei. Então fiquei com medo e com vergonha, e por isso eu ia embora de casa, prá não ver você triste.
 
Ora, filho, eu ia ficar muito triste se você tivesse ido. Nunca mais pense nisso!
 
E a pulseira? Perguntou, mais aliviado.
 
Ah, meu anjo, aquela pulseira tinha pouco valor. Um dia, quem sabe, nós compramos outra.
 
Mãe, eu quero lhe dar um belo colar. Você sabe quanto custa um?
 
Não faço idéia, mas já tenho o colar mais valioso do mundo. E sabe qual é?
 
Não, mãe, eu nunca vi você de colar.
 
Pois bem, disse a mãe, puxando os bracinhos do filho e os envolvendo no pescoço.
 
Filho, o seu abraço é o colar mais valioso do mundo, para mim. E eu desejo tê-lo para sempre. Promete que nunca mais vai pensar em ir embora?
 
Pedro sorriu, aliviado, e encheu o rosto da mãezinha de beijos. 
 

 
Não há tesouro mais valioso do que os filhos.
 
Um filho é a prova da confiança de Deus aos pais.
 
Mas os filhos nem sempre sabem que são valiosos para seus pais. É preciso dizer isso a eles, sempre.
 
E você, já disse isso ao seu filho, hoje?
 

   ESPECIAL:



- Postado por: vandinhakarinho às 18h40
[ ] [ envie esta mensagem ]

hspace=0



Sonhos de Uma Mulher

 

O que eu faço, é uma gota no meio de um oceano. Mas sem ela, o oceano seria Menor. 
(Madre Teresa)

Espero ter escolido as Pessoas certas
Beijos a todos

Recebi por e-mail este prêmio, com o intuíto de repassá-lo
para pessoas que de alguma forma, tentam ajudar outras pessoas
com o que sabem fazer de melhor.
Escolhi as pessoas que achei que estão sempre procurando
ajudar aos que sabem menos ou quase nada na internet.
Quem receber, repasse com carinho para quem acharem que merecem.

 
Dado
 
Por seu site, útil a todos nós e por sempre ter uma novidade para nos divertir. 
 
 
Elza Moreira
 
Por nos mostrar com muita alegria, o mundo do Tango e suas mensagens
maravilhosas enviadas aos nossos e-mails.
 
 
Dr. Santos Sampaio
 
Por seu site solidário e atravéz dele, poder nos alertar sobre os sintomas das doenças
e como tratá-las.
 
 
Evanir Garcia
 
Por seu carinho com todos os blogueiros.
 
 
Magia Gifs
 
Com suas gifs, nos ajuda a enfeitar nossas páginas.
 
 
Fada Pri
 
Por seus tutoriais que tanto nos ajuda a fazer nossos Blogs.
 
 
Lindalva
 
Por suas festas. Sempre se preocupando em trazer alegria para todos os blogueiros.
 
 
 
Sonia Silva
 
Por se preocupar sempre em fazer interação entre os blogs.
 
Nadja
 
Por seus recadinhos divertidos sempre trazendo alegria aos nossos corações.
 
Mario Neves
 
Pelas mensagens enviadas todos os dias para nossos e-mails.


- Postado por: vandinhakarinho às 21h18
[ ] [ envie esta mensagem ]

hspace=0



Sonhos de Uma Mulher

Feliz Dia Internacional da Mulher
08 de Março de 2011.


Bom dia Mulheres!!!
O post de hoje é direcionado a nós mulheres, em comemoração ao dia de hoje, "Dia Internacional da Mulher".
Deixo a mensagem a seguir para todas as mulheres que me acompanham aqui e as outras mulheres que fazem parte da minha vida, (mãe, irmã, amigas, cunhada), sintam-se homenageadas por mim por este dia que é só nosso, se bem que dia da mulher é todos os dias, mas se temos um especial porque não comemorar não é mesmo?!
Enfim.... Feliz Dia Da Mulher A Todas Nós, Grandes Mulheres!!!

Mulheres...

Mulheres fracas, fortes.
Não importa.
Mulheres mostram que mesmo através da fragilidade
São fortes o bastante para erguerem sempre cabeça
Sem desistir, pois sabemos que somos capazes de vencer.
Temos a delicadeza das flores
A força de ser mãe, O carinho de ser esposa,
Reciprocidade de ser amiga,
A paixão de ser amante, E o amor por ser mulher!
Somos fêmeas guerreiras, vencedoras,
Somos sempre o tema de um poema.
Distribuímos paixão, meiguice, força, carinho, amor.
Somos um pouco de tudo Calmas, agitadas, lentas!
Vaidosas, charmosas, turbulentas.
Mulheres fortes, guerreiras, batalhadoras,
Mulheres conquistadoras
Que amam e querem ser amadas
Elegantes e repletas de inteligência
Mulheres, símbolo da vida, imagem da perfeição.
Com paciência o mundo soube conquistar.
Mulheres duras, fracas.
Mulheres de todas raças.
Mulheres guerreiras.
Mulheres sem fronteiras.
Mulher... Que traz beleza e luz aos dias mais difíceis.
Que divide sua alma em duas para carregar tamanha sensibilidade e força
Que ganha o mundo com sua coragem
Que traz paixão no olhar Mulher,
Que luta pelos seus ideais,
Que dá a vida pela sua família.
Mulher,
Que ama incondicionalmente
Que se arruma, se perfuma
Que vence o cansaço Mulher,
Que chora e que ri Mulher que sonha...
Tantas Mulheres, belezas únicas, vivas,
Cheias de mistérios e encanto!
Mulheres que deveriam ser lembradas, amadas,
admiradas todos os dias...
Para você, Mulher tão especial:
Feliz Dia Internacional da Mulher!



- Postado por: vandinhakarinho às 22h39
[ ] [ envie esta mensagem ]

hspace=0



Sonhos de Uma Mulher

Esta postagem é apenas para alertar as pessoas vitimas, das quedas de energia e que tenham perdido aparelhos como eu perdi, Perdi monitor, geladeira, tv e microndas.  

 APARELHO QUEIMADO DEVE SER PAGO
De acordo com a concessionária, existe o chamado ressarcimento de danos elétricos, que é a reposição ou indenização do equipamento danificado após a ocorrência constatada no sistema elétrico. Porém, o ressarcimento somente será feito após comprovação de que o dano foi causado por perturbações ocorridas no sistema elétrico. Essa determinação é regulamentada pela Resolução nº 414, da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), de 9 de setembro de 2010.
Prazo
Segundo a norma, o consumidor tem o prazo de até 90 dias, a contar da data da ocorrência, para solicitar o ressarcimento à distribuidora. Após esse prazo, ele perde o direito de reclamar, segundo os artigos 26 do CDC (Código de Defesa do Consumido) e 204 da Resolução 414.
O prazo máximo para a realização da verificação do equipamento pela concessionária é de 10 dias, contado a partir da data da solicitação. Quando o equipamento danificado for utilizado para guardar alimentos perecíveis ou medicamentos, o prazo para verificação é de 1 dia útil.
A CPFL deve informar ao consumidor o resultado do pedido, por escrito, em até 15 dias contados a partir da data da verificação ou, na falta desta, a partir da data da solicitação de ressarcimento. O prazo máximo para que isso ocorra é de 45 dias, contado a partir da solicitação, não se computando os dias em que o processo ficar suspenso por pendências de responsabilidade do consumidor.
Regra
Caso o equipamento tenha sido levado previamente pelo consumidor a uma assistência técnica, sem o consentimento da distribuidora, ela não terá mais o dever de ressarcir o conserto ou reposição. Mesmo em caso de danos em geladeira ou freezer ou em equipamentos essenciais à preservação da vida humana (unidade de terapia intensiva domiciliar, bomba de oxigênio), o consumidor deve primeiro comunicar o fato à distribuidora.
Conforme o caso, a distribuidora pode autorizar o consumidor a providenciar, por sua conta e risco, o conserto do equipamento antes da análise do pedido. Ele deverá depois apresentar o laudo técnico e a nota fiscal de serviço, discriminando as peças substituídas e respectivos preços, custo de mão-de-obra e o serviço executado.
As tempestades que têm caído na região, além dos alagamentos, têm provocado outro problema para os moradores: a queima de aparelhos elétricos após a queda de raios. Muito consumidores não sabem, mas neste tipo de ocorrência, a CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz) é obrigada a ressarcir o cliente que teve seu equipamento danificado.
De acordo com a concessionária, existe o chamado ressarcimento de danos elétricos, que é a reposição ou indenização do equipamento danificado após a ocorrência constatada no sistema elétrico. Porém, o ressarcimento somente será feito após comprovação de que o dano foi causado por perturbações ocorridas no sistema elétrico. Essa determinação é regulamentada pela Resolução nº 414, da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), de 9 de setembro de 2010.
Prazo
Segundo a norma, o consumidor tem o prazo de até 90 dias, a contar da data da ocorrência, para solicitar o ressarcimento à distribuidora. Após esse prazo, ele perde o direito de reclamar, segundo os artigos 26 do CDC (Código de Defesa do Consumido) e 204 da Resolução 414.
O prazo máximo para a realização da verificação do equipamento pela concessionária é de 10 dias, contado a partir da data da solicitação. Quando o equipamento danificado for utilizado para guardar alimentos perecíveis ou medicamentos, o prazo para verificação é de 1 dia útil.
A CPFL deve informar ao consumidor o resultado do pedido, por escrito, em até 15 dias contados a partir da data da verificação ou, na falta desta, a partir da data da solicitação de ressarcimento. O prazo máximo para que isso ocorra é de 45 dias, contado a partir da solicitação, não se computando os dias em que o processo ficar suspenso por pendências de responsabilidade do consumidor.
Regra
Caso o equipamento tenha sido levado previamente pelo consumidor a uma assistência técnica, sem o consentimento da distribuidora, ela não terá mais o dever de ressarcir o conserto ou reposição. Mesmo em caso de danos em geladeira ou freezer ou em equipamentos essenciais à preservação da vida humana (unidade de terapia intensiva domiciliar, bomba de oxigênio), o consumidor deve primeiro comunicar o fato à distribuidora.
Conforme o caso, a distribuidora pode autorizar o consumidor a providenciar, por sua conta e risco, o conserto do equipamento antes da análise do pedido. Ele deverá depois apresentar o laudo técnico e a nota fiscal de serviço, discriminando as peças substituídas e respectivos preços, custo de mão-de-obra e o serviço executado.
Dados: CPFL Paulista



- Postado por: vandinhakarinho às 15h14
[ ] [ envie esta mensagem ]

hspace=0



Sonhos de Uma Mulher

 
 

    
Reflexões 
 
  
Caminhar...

Caminhar mesmo sem saber o que nos aguarda na próxima curva...
Será que teremos perdas que nos levarão às lágrimas?
Ou será que a vontade de desistir será maior que a nossa fé?

Momentos...

Momentos em que não sabemos o significado da nossa existência...
Em que a alegria parece ter fugido a nossa presença.
Como manter a confiança acesa se não cremos em mais nada?

Dúvidas...

Dúvidas que não passam...
Que ferem a nossa alma em busca de respostas que não chegam.
Como fugir dos receios que se aproximam e nos paralisam?

Tristeza...

Tristeza que cala fundo no coração...
Que nos faz com que nos sintamos tão pequeninos.
E como reagir se tudo a nossa volta perdeu o seu encanto?

Provas...

Provas que surgem e sem cerimônia modificam nossa vida.
Que nos levam ao encontro da agonia.
Como superá-las quando se perdeu a esperança?

Medo...

Medo que nos afujenta de trilhar as estradas a nossa frente.
Que nos leva a temer o amanhã.
Como reencontrar a coragem, se não sabemos nem como começar?

Solidão...

Solidão que nos acompanha nas noites em que o que mais buscamos é um colo, um carinho, um

olhar que nos conforte...
Sentimento que faz as lágrimas brotarem.

Como vencê-lo?

Desespero...

Desespero que nos afasta da realidade.
Que nos leva aos abismos de onde não sabemos como retornar.
Como silenciar o íntimo, quando o que se sente é um turbilhão de emoções desordenadas?

Pessimismo...

Pessimismo que nos prende aos nossos fantasmas mentais.
Como destruir essa erva daninha que só nos leva ao encontro do sofrimento?
Onde encontrar os sinais que nos reconduzem ao prazer de viver?

Desilusões...

Desilusões vividas e que permanecem no âmago do nosso ser a nos sufocar...
Que nos impedem de buscar outros horizontes, de acreditar novamente na existência do maior

dos sentimentos: Amor.
Como voltar a respirar pelo novo, voltando assim, a sentir a doce brisa da renovação?

Erros...

Erros cometidos e não apagados de nossa memória.
Situações do passado que permanecem vivas e ardendo em nosso coração.
Como resgatar esses débitos e sentir a alma liberta?

Delírios...

Delírios que nos conduzem às quedas...
Que nos envolvem nas teias das loucuras e do desespero.
Qual o antídoto para esse mal?

Ódio...

Ódio que faz feridas surgirem e não cicatrizarem.
Que afasta o perdão de perto e nos apresenta apenas às sombras.
Como eliminar esse sentimento tão letal ao nosso espírito e físico?

Morte...

Morte que tão temida, tão assustadora e que nos tira todas as expectativas de evolução.
Que dilacera nossa mente em sensações de que com ela, o fim nos aguarda e o nada reinará.
Como abrir a porta que nos conduz ao caminho da nossa salvação espiritual?

Perguntas...

Perguntas que nos atormentam o Espírito...
Que tanto buscamos...
Onde encontrá-las?

  Sonia Carvalho



- Postado por: vandinhakarinho às 19h10
[ ] [ envie esta mensagem ]

hspace=0



Sonhos de Uma Mulher

O cirurgião que encontrou a Jesus

NO CORAÇÃO DE UMA CRIANÇA

-Amanhã de manhã eu vou abrir o teu coração. Explicava o cirurgião para uma criança.

 
E a criança o interrompeu:

-Você encontrará Jesus ali?

O cirurgião olhou para ela, e continuou:

-Eu vou cortar uma parede do teu coração para ver o dano completo.

-Mas quando você abrir o meu coração, encontrará Jesus lá? A criança voltou a interrompê-lo.

O cirurgião se voltou para os pais, que estavam sentados em silêncio.

-Quando eu tiver visto todo o dano causado, planejaremos o que fazer em seguida, ainda com teu coração aberto.

-Mas você encontrará Jesus em meu coração? A Bíblia diz claramente que Ele mora ali. Todos que acreditam Nele dizem que Ele vive ali...
Então você vai encontrá-lo no meu coração!

O cirurgião pensou que era suficiente e lhe explicou:

-Após a operação, te direi o que encontrei em teu coração, de acordo?
Eu tenho certeza que encontrarei músculo cardíaco danificado, baixa resposta de glóbulos vermelhos, e fraqueza nas paredes e vasos. E, além disso, eu vou concluir se posso te ajudar ou não.

-Mas você encontrará Jesus ali também? É sua casa, Ele vive ali, sempre está comigo.


O cirurgião não tolerou mais os comentários insistentes e se foi. Em seguida, ele se sentou em seu consultório e começou a gravar seus estudos prévios para a cirurgia: aorta danificada, veia pulmonar deteriorada, degeneração muscular cardíaca massiva. Sem possibilidades de transplante, dificilmente curável.

Terapia: analgésicos e repouso absoluto.

 

Prognóstico: fez uma pausa e em tom triste disse:

-Morte nos primeiros anos de vida.

Então, parou o gravador.

Mas tenho algo a mais a dizer:

-Por quê? Perguntou em voz alta.

Por que acontecer isso com ela? O Senhor a colocou aqui, nessa dor e já a havia condenado a uma morte precoce. Por quê?

 

De repente, Deus, nosso Criador respondeu:

O menino, minha ovelha já não pertencerá a teu rebanho, porque ele é parte de mim e comigo estará por toda a eternidade. Aqui no céu, em meu rebanho sagrado, já não terá nenhuma dor, será consolado de uma forma inimaginável para ti ou para qualquer outra pessoa. Seus pais, um dia, se unirão com ele, conhecerão a paz e a harmonia juntos em meu reino e meu rebanho sagrado continuará crescendo.

 

O cirurgião começou a chorar muito, mas sentiu ainda mais raiva, não entendia as razões. E replicou:

 

-Tú criastes este menino, e também seu coração para quê? Para que morresse em poucos meses?

 

O Senhor lhe respondeu:

-Porque é tempo de regressar ao seu rebanho, sua missão na terra já se cumpriu. Há alguns anos atrás enviei uma ovelha minha com dom de médico para que ajudasse a seus irmãos, mas com tantos conhecimentos na ciência se esqueceu de seu Criador.
Então enviei outra de minhas ovelhas, o menino enfermo, não para perdê-lo, e sim para que a ovelha perdida há tanto tempo, com dotes de médico volte para mim.

 

Então o cirurgião chorou e chorou inconsolavelmente.

 

Dias depois, após a cirurgia, o médico sentou-se ao lado da cama do menino, enquanto seus pais estavam a frente do médico.


O menino acordou e murmurando rapidamente perguntou:

 

-Abriu meu coração?

 

-Sim. Disse o cirurgião.

 

-O que encontrou? Perguntou o menino.

 

Tinha razão, reencontrei Jesus ali.

 

Deus tem muitas maneiras diferentes para que você volte para o seu lado.

 

Leia esta mensagem até o final.

 

Eu quase apaguei esta mensagem, mas fui abençoado quando cheguei ao final.

 

 Leia somente se tem tempo para Deus.

 

Deus, quando recebi esta mensagem pensei... Eu não tenho tempo para isto... e realmente é inoportuno durante o horário de trabalho. Logo, eu percebi que ao pensar assim é exatamente o que tem causado muitos dos problemas em nosso mundo atual. Buscamos ter a Deus só na igreja aos domingos de manhã. Às vezes, talvez um domingo à noite... Sim, nós gostamos de tê-lo na doença... e, sobretudo, nos funerais. Mas, não temos tempo, o lugar para Ele nas horas de trabalho ou em nosso tempo livre... Porque .... Isso é na parte de nossas vidas em que pensamos: "Nós podemos e devemos controlar sozinhos"

 

Que Deus me perdoe por haver pensado que não há um tempo e lugar onde Ele não seja o PRIMEIRO em minha vida. Devemos sempre ter tempo para lembrar TUDO o que Ele fez e faz por nós. Jesus disse: "Se tú tem vergonha de mim, eu me envergonharei de ti diante de meu Pai".

 

Então me ajoelhei para orar, mas não por muito tempo, tinha muito para fazer. Tive que apressar-me e ir trabalhar já que as cobranças logo estariam diante de mim. Dei um salto e meu dever cristão estava concluído.

 

Minha alma pode então descansar em paz. Em todo o dia não tive tempo de falar uma palavra de encorajamento, nem de falar de Jesus aos meus amigos; iriam rir de mim e eu ficaria com medo.. Não há tempo, não há tempo. Há muito o que fazer. Esse era a minha reclamação constante. Não há tempo para dar-lhe as almas necessitadas, só na última hora, a hora da morte. Então parei em pé diante do Senhor, o vi e permaneci de cabeça baixa, já que em Suas mãos ele segurava um livro, o livro da vida. Deus deu uma olhada no seu livro e disse: 'Não posso encontrar o teu nome, uma vez estive a ponto de anotá-lo, mas nunca encontrei o tempo

"Tens agora o tempo para repassar esta mensagem?

De todos os presentes que podemos receber, uma oração é o melhor. Não custa nada e traz recompensas maravilhosas, Deus te abençoe.

Que Deus te abençoe e te guarde.

Não é curioso que quando chegar o momento de Ler e Repassar esta mensagem, você vai deixar de enviar a muitas das pessoas que estão na tua lista de contatos porque você não está seguro(a) do que vão pensar de você.

Oro por todos aqueles que Lerem esta mensagem a todos os contatos, eles serão abençoados por Deus de uma maneira especial.



- Postado por: vandinhakarinho às 05h08
[ ] [ envie esta mensagem ]

hspace=0



Sonhos de Uma Mulher

O poder da oração
 
Dentre as muitas boas histórias contadas na revista Seleções, uma nos chamou a atenção pelos ensinamentos que contém.
 
Seu autor, já homem feito, refletindo sobre o poder da oração, lembra-se de quando ainda era apenas um garotinho.
 
Conta ele que, certa manhã de primavera, sua mãe o vestiu na sua fatiota domingueira e lhe recomendou para que não saísse além dos degraus da porta da frente, pois em poucos minutos iriam visitar sua tia.
 
O menino esperou pacientemente até que o filho do vizinho da esquina se aproximou e lhe disse um palavrão.
 
Então, ele pulou os degraus e se atracou com o outro até caírem ambos numa poça de lama.
 
Sua blusa branca ficou enlameada e a meia com um rasgão sangrento na altura do joelho.
 
Lembrou-se da advertência da mãe e começou a berrar desesperadamente.
 
Sua dor, porém, acabou quando ouviu o barulho do sorveteiro que anunciava em altos brados o seu produto.
 
Esqueceu a desobediência e correu a fim de pedir dinheiro à mãe para comprar um sorvete.
 
Diz ele que nunca pode esquecer a resposta que recebeu da mãe:
 
- Olhe para você mesmo! Você não está em condições de pedir nada.
 
Foi mergulhado nessas lembranças que o autor fez um paralelo com a nossa posição diante de Deus, quando oramos pedindo alguma coisa.
 
Antes de invocarmos o auxílio de Deus, necessitamos voltar o olhar para nós próprios e verificar se estamos ou não em condições de pedir algo.
 
Para que Ele nos ajude, é preciso que façamos a nossa parte conforme prescreve o Evangelho: "ajuda-te que o céu te ajudará".
 
O mal da maioria dos que rogam bênçãos, é que não são honestos para com Deus.
 
É comum implorarmos graças celestes, estando de relações cortadas com familiares, amigos, vizinhos...
 
Quando buscamos a ajuda divina é preciso que preparemos o coração adequadamente. É inútil pedir amparo com o coração cheio de inveja, de ciúme, de malquerença, de ódio e de outros detritos morais.
 
Nesse caso, se realmente desejamos pedir algo, que peçamos forças para vencer essas misérias da alma.
 
É comum rogarmos a Deus que nos dê saúde, e por outro lado acabarmos com ela com o vício enfermiço do cigarro, da gula, do trago infeliz, das noitadas de orgias entre outros abusos.
 
Importante que meditemos um pouco mais a respeito da nossa real vontade de receber ajuda divina, uma vez que Deus sabe das nossas intenções mais secretas.
 
Pense nisso!
 
Antes de buscar ajuda através da prece, olhe para você mesmo e veja se está em condições de pedir alguma coisa.
 
Verifique se está fazendo a parte que lhe cabe.
 
Se o templo do seu coração está devidamente limpo e arejado para receber as bênçãos do Criador.
 
Lembre-se sempre da recomendação do Cristo: "ajuda-te que o céu te ajudará".
 
A condição é que nos ajudemos primeiro, fazendo a nossa parte, para depois merecer a ajuda do Alto.
 
Importante que entendamos bem os mecanismos da oração: pedir, saber pedir e, acima de tudo, merecer.



- Postado por: vandinhakarinho às 02h35
[ ] [ envie esta mensagem ]

hspace=0



Sonhos de Uma Mulher

Gratidão


Analisando algumas coisas banais e fúteis
 (tanto que nem merecem ser citadas)
me vi refletindo sobre a minha vida.
 E tenho a impressão de ser assim mesmo:
 são as situações um tanto comuns,
 rotineiras e talvez até banais
que nos levam a uma profunda reflexão.
Um dia desses,
algo que já me incomodava,
 de repente, mudou de formato e tomou um ar de urgência.
 E tudo começou a fazer mais sentido.
 Percebi a importância de um sentimento chamado gratidão,
que sumira do meu vocabulário há algum tempo.
Gratidão é reconhecer um favor
no sentido de agradecer de bom coração.
 É enxergar nossa pequenez e assumir uma
 posição positiva frente às mais diversas situações da vida.
 Omitir isso siginifica,
 além de proporcionar uma vida
de baixa qualidade para nós mesmos,
 transgredir uma ordem divina.
Essa gratidão se diferencia de um
 conformismo que mascara a verdade
e não reivindica direitos,
 não luta e se cala.
 É uma gratidão ativa,
 viva, forte, verdadeira e sensata.
 É ter sensibilidade para perceber
o que é bom e o que não é, força para lutar pelo que precisa ser

mudado e enxergar o lado bom das coisas.
Não basta ter uma vida considerada
 boa para se viver bem, é preciso reconhecer isso.
O oposto
 de uma gratidão sadia é viver em uma ilusão.
 Ilusão de que o mundo pode ser perfeito,
 as pessoas podem ser exatamente do jeito que
“devem ser” e que o mundo gira em torno de nós mesmos,
 segundo nossa “magnífica” vontade. É exigir de todos,
do governo, da universidade, dos amigos, da família, etc,
 que se encaixem em nossos padrões para
que satisfaçam nossas carências.
 Criamos expectativas sobre as pessoas e nos
frustramos muito quando a conhecemos de verdade
 porque não correspondem ao nosso modelo criado de perfeição.
 Esquecemos que no nosso dia-a-dia vivemos com seres humanos e não deuses.
Mascaramos nossa personalidade de maneira a agradar os que nos cercam,
 alimentando assim, esse clima de mundo perfeito,
onde ninguém tem problema ou defeito.
 Onde ninguém precisa de Deus.
Ter o coração grato é reconhecer
a mão de Deus nas nossas vidas e perceber
 que tudo o que nos acontece Ele tem visto.
 É parar de responsabilizar os outros pela nossa infelicidade,
 é tratar mágoas do passado e atribuir a um propósito do Altíssimo.
 Somos pequenos demais para ditar como o mundo deve girar,
 mas podemos melhorar o nosso próprio mundo com a gratidão.
 Eu posso melhorar meu próprio mundo.

Reflexão de Bárbara Matias



- Postado por: vandinhakarinho às 17h23
[ ] [ envie esta mensagem ]

hspace=0



Sonhos de Uma Mulher

Andar sobre as águas
 
Quantas coisas Jesus fez que nós não seríamos capazes,
 com nossa incredulidade e nossa falível fé?
Se começarmos a contar,
nos sentiremos ainda menores do que já somos.
Não, nós mesmos não podemos realizar milagres,
curar uma ferida ou alcançar salvação para nossa alma.
 Nós mesmos não somos capazes
de plantar uma árvore e nem fazer florescer uma flor.
 Não podemos parar a chuva e nem fazer acalmar-se um revoltado mar.
Não... nós não podemos...
 mas Deus pode!
E o que diferencia uma pessoa que alcança suas vitórias e
outra que vive dando voltas sem chegar a lugar nenhum não
 é a capacidade de uma de fazer coisas extraordinárias
 e da outra de perder-se: é a fé que possuem no Deus
 (o mesmo!!!) que as criou.
É evidente que Pedro afundaria andando sobre as águas.
 Conhecendo seu caráter impulsivo
que o fez tomar atitudes impensadas,
 não podemos nos surpreender.
 Ele andava com Jesus,
mas não O conhecia o bastante para saber
que quando nossos limites começam,
 Deus se coloca no nosso lugar e faz por nós.
Aprender a andar sobre as águas deve ser
o mais difícil de todos os exercícios que Deus pede de nós.
 Isso significa esquecer nosso peso,
nossas falhas, nossos erros já perdoados,
 nossa condição humana.
Significa saber que se nós podemos afundar,
 Deus pode nos sustentar.
 Nosso corpo é pesado,
 mas nossa alma é leve. Nosso corpo perece,
 mas nossa alma permanece.
Quando as dificuldades te alcançarem e você sentir
 que a terra firme começa a mexer sob seus pés,
 não olhe para eles e não pense na sua condição.
 Olhe para a frente e pense nAquele que até o vento
 e o mar obedecem. No que transformou água em vinho,
 levantou um morto,
fez andar um paralítico e alimentou pessoas no deserto.
A terra de vez em quando parece desmoronar-se para todos nós.
 As lágrimas e o desânimo não poupam ninguém...
Mas Jesus andou sobre as águas e não há nada
 no mundo que possa nos impedir de seguir Seus passos

 © Letícia Thompson



- Postado por: vandinhakarinho às 17h06
[ ] [ envie esta mensagem ]

hspace=0